erros básicos no site

2 erros que estão impedindo o seu site de gerar vendas

 

Foi-se o tempo em que os sites de empresas eram simples “cartões de visitas” online.

Funcionava assim: encomendava-se um site que fosse bonito, moderno e que tivesse as informações institucionais da empresa como: quem somos, nossos serviços, nossa missão, nossos valores… e tantos “nossos” quanto pudesse mostrar.

Hoje, com a tendência de as pessoas estarem cada vez mais horas conectadas fazendo pesquisas e conversando umas com as outras, e principalmente buscando tudo o que precisam para satisfazer seus desejos instantaneamente, a dinâmica na internet mudou – e pra melhor! – o cenário online está propício para todos os tipos de negócio.

Mas aí entra a questão: O site da sua empresa está preparado para essa nova “dinâmica”?

Tenho ouvido muitos donos de  empresas reclamarem que não recebem visitas ao seu site e que ainda não acreditam no potencial que ele tem pra gerar vendas. Ao analisar, porém, a presença online e o site da empresa, dá pra entender o porquê da insatisfação e chegar a uma conclusão:

A maioria dos sites de empresas não está otimizado (atualizado) para o momento em que vive a internet.

Enquanto alguns empresários já abriram os olhos para o mercado digital, entrando para a lista dos que estão vendo suas empresas crescerem na internet, uma grande maioria ainda não se deu conta que a coisa mudou, que temos ferramentas e estratégias voltadas para gerar mais negócios em menos tempo.

Por isso, quero destacar nesse artigo os 2 erros básicos que podem estar impedindo o site da sua empresa de gerar vendas.

Primeiro erro: Não estar bem posicionado no Google

 

Sim, é o que acontece com o site de muitas empresas. Elas até investem em um website, contratam uma agência para criar, mas o site não aparece nos resultados do Google para quem faz uma busca pelos produtos ou serviços que a empresa fornece.

Gasta-se tempo e dinheiro em um projeto estéril, que após alguns meses sem gerar resultados, cai no esquecimento do empresário que volta a recorrer às mídias tradicionais para atrair clientes e rodar campanhas. Situação que você conhece, certo?

Isso tudo acontece porque o modelo de construção e de organização da maioria dos sites pela internet afora (falando de Brasil) ainda é antigo e não está de acordo com as tendências atuais da internet que são baseadas na “relevância”.

Quando falo em relevância, quero dizer que as pessoas quando estão na internet, só vêem coisas que são úteis e interessantes para elas, naquele momento.

Dessa forma, a otimização estratégica para ser encontrado pelos mecanismos de busca, ou mais apropriadamente falando, o Google, é fundamental para que haja visitas e envolvimento com o que você tem para oferecer.

Saiba por que sua empresa deve estar 100% alinhada com o Google

Então, como fazer meu site aparecer no Google?

Hoje, praticamente todos recorrem ao Google para tomar qualquer tipo de decisão, principalmente a de consumo, quer seja aquisição de produtos ou contratação de serviços.

E sabe-se que os usuários utilizam várias palavras-chave para encontrar o que estão precisando.

Assim, antes de colocar o seu site no ar, é fundamental fazer uma pesquisa de mercado, tendo em mãos as informações sobre o comportamento de busca do público-alvo e sobre o que existe de concorrência na internet, dentro do nicho. Isso quer dizer saber quais as palavras que eles estão usando para buscar!

Estar na primeira página de resultados para buscas relacionadas ao seu negócio é o primeiro objetivo a alcançar, quer você entenda o porque ou não. Isto, claro se você deseja fazer vendas pelo site.

Mais de 80% dos usuários do Google não passam da primeira página de resultados ao fazerem pesquisas. É normal eles acharem que tudo o que precisam encontra-se na primeira página e ponto. Se não encontram o que querem , mudam a palavra da pesquisa e partem para outros resultados.

Sendo assim, não resta dúvidas a importância que tem a primeira página de resultados do Google para posicionar seu negócio. Mas, então, como estar lá?

Bom, vou ser bem direto na resposta: Anunciando no Google AdWords e tendo um blog. É isso!

Vamos ver melhor cada uma dessas situações:

AdWords:

Anunciar no AdWords é um passo fundamental para sua empresa. Quer você já tenha uma estratégia de marketing de conteúdo funcionando ou não, é importante você “negociar” com o Google comprando algumas palavras para que seu anúncio apareça no topo da primeira página de resultados.

Para anunciar no AdWords, basta você:

  • criar sua conta
  • escolher as palavras que você sabe que seu público utiliza
  • definir um orçamento de gastos (investimento) diário ou mensal
  • criar seus anúncios para que sejam relevantes
  • configurar a ferramenta para atingir o público que você quer
  • acompanhar as métricas e otimizar as campanhas

Não vou dizer que você não precisa estudar pelo menos umas 5 horas para estar por dentro de pelo menos 60% do que esta ferramenta fantástica oferece para o seu negócio, mas com um pouco de paciência já dá pra colocar uma primeira campanha no ar e ir acompanhando os resultados.

Note bem: O AdWords é uma ferramenta do Google para impulsionar suas vendas através do posicionamento de destaque nas páginas de resultados e também dos quase infinitos recursos que ele oferece para você conhecer o mercado, prospectar os clientes ideais, levá-los ao seu site de forma que possam interagir com o seu negócio e por fim, e o mais importante: obter um ROI (retorno sobre investimento) positivo que aumente os seus lucros.

Eu realmente recomendo que todo empresário conheça e tenha pelo menos uma experiência com o AdWords, pois isso atualiza a visão de negócio e mercado e mostra claramente que hoje as coisas estão cada vez mais rápidas e automatizadas.

Para começar seus estudos no Google AdWords, nada melhor do que seguir o guia do próprio Google.

Blog

“Por que ter um blog se eu não quero ser blogueiro”, deve perguntar o empresário que anda muito ocupado tentando resolver seu problema de poucas vendas.

Simples! Respondo. Por que um blog é a maneira mais poderosa de gerar vendas para sua empresa!

O blog é, nada mais do que a sua empresa online! Ele tem voz ativa para atender seus clientes, informar, educar, ajudar e conduzi-los às suas melhores ofertas. E isso funciona 24h por dia, 365 dias por ano! Cada artigo publicado tem uma função estratégica de vendas, direta ou indiretamente.

Para que você entenda melhor a estratégia do blog, é preciso que você esteja convencido de 2 coisas:

  1. As pessoas, antes de tomarem a decisão de sair de casa para comprar, pesquisam na internet.
  2. Elas estão acostumadas a consumir conteúdo e irão julgar o tamanho e o valor da sua empresa pelo volume e relevância do seu conteúdo.

Então, dá pra ter uma ideia do que você pode (e deve) fazer com a oportunidade de ter um blog para o seu negócio?

Vou listar só algumas:

  • Aumentar consideravelmente sua presença online, mantendo uma boa frequência de publicações (pelo menos 2 por semana, o ideal seria todo dia)
  • Ser encontrado pelas pessoas que procuram por assuntos relacionados ao seu negócio
  • Construir uma autoridade para sua marca, fornecendo conteúdo útil e relevante ao seu público
  • Educar seu público sobre como seus produtos ou serviços podem resolver os problemas deles, dando dicas antes de fazer ofertas
  • Falar e explicar mais profundamente sobre o seu produto ou serviço, ou a solução que você tem pra apresentar
  • Disponibilizar material informativo para ajudar no atendimento, economizando tempo e deixando o cliente mais seguro
  • Ter conteúdo estratégico para sistematizar e automatizar campanhas de vendas por email
  • Atrair parceiros e/ou investidores
  • Etc, etc, etc…

Ter um blog para a sua empresa é condição necessária para construir uma presença online forte e que cresça constantemente.

É claro que não é da noite para o dia que você terá construído sua “estrutura” digital forte, mas por isso mesmo a decisão de começar a agir é urgente!

Muito bem! Agora que você já sabe que o primeiro erro (de não estar no Google) pode ser corrigido, vamos ao segundo erro que também faz com que você deixe de aumentar as vendas.

Segundo erro: Não ter o seu site adaptado para celulares

site responsivo

Sim, apesar de existir toda a tecnologia pra isso, muitos sites ainda não abrem em celulares e smartphones como deveriam. Ficam com as letras miúdas que ninguém enxerga, não encaixam na tela do dispositivo, reúnem muita informação “misturada” em uma única página…

Duas consequências drásticas ocorrem disso:

  • A pessoa (que está no celular) desiste de interagir com o seu site
  • O Google não o valoriza então não posiciona-o com destaque nos resultados

É muito importante que você saiba que hoje, o tempo e a frequência que as pessoas utilizam a internet via dispositivos móveis ultrapassam os momentos que elas estão em computadores.

A internet móvel nos deu liberdade. Mas queremos essa liberdade sabendo que temos na palma da mão todos (ou quase todos) os recursos que temos em casa, no computador.

É uma grande perda de oportunidade se o site da sua empresa não está bem “encaixado” para os smartphones. E isto implica em ter as páginas organizadas para facilitar a navegação feita na palma da mão!

Bom, para sanar esse problema, se é o caso do seu site (faça o teste: abra-o em seu celular e veja se há uma boa experiência ao navegar por dentro dele), temos uma solução simples e básica:

Tenha-o em WordPress!

O WordPress é um CMS (content management system) ou sistema de gerenciamento de conteúdo que permite que você monte um blog em poucos minutos! Ele é todo otimizado para que você construa seu site com a estrutura mais robusta da internet tanto para o usuário como para o administrador do site.

E mais: todas as ferramentas importantes de marketing digital funcionam dentro da plataforma WordPress.

Além de resolver o problema de visualização em celulares, pois quase todos os temas do WordPress são adaptáveis, ele irá carregar mais rápido e receberá uma melhor “nota” do Google, subindo algumas posições na lista de resultados.

Se o seu site não está em WordPress, converse com seu webmaster ou agência para ver a possibilidade de fazer a migração para esta plataforma.

Não é preciso dizer o quanto é importante proporcionar uma ótima experiência para o seu cliente no ambiente virtual. As pessoas gostam de navegar e aproveitar tudo o que a internet tem de melhor e nada mais justo que a sua empresa ofereça essa experiência ao usuário.

Finalizando…

Com estes 2 pontos funcionando, uma nova realidade estará aparecendo na janela da sua empresa: Mais pessoas encontram você e mais contatos por telefone ou email com pedidos de orçamento irão aparecer.

Tudo é uma questão de estar devidamente posicionado pois o tráfego de pessoas na internet não pára nunca e o mercado se define cada vez mais dentro do ambiente online.

Se você quer uma ajuda pessoal para desenvolver sua presença na internet e dar um upgrade nas vendas, entre em contato e podemos conversar sobre uma solução personalizada para o seu negócio.

Espero ter ajudado você a dar estes 2 passos importantes no desempenho da sua empresa na internet.

Se você quer ter um acompanhamento mais próximo do seu site e de toda a sua presença na internet, sugiro que solicite uma Análise e de Presença Online Gratuita para descobrir quais as oportunidades de negócios que podem ser exploradas!

Continue firme!

About The Author

Duda Kassler

Consultor em Marketing Digital, dedica-se a ajudar as empresas a crescerem através da internet.

Comentários