3 Metas digitais para o seu negócio em 2018

O que você não pode deixar de fazer para que sua empresa cresça no ano que vem.

 

Estou no mercado digital há mais ou menos 2 anos e fico surpreso de ver que a grande maioria das empresas ainda não se deu conta da necessidade de se trabalhar com leads.

 

Se o grande problema é a instabilidade financeira e a falta de um posicionamento decente e que faça a sua empresa ser notada pelo alto valor agregado, não tem mais porquê não fazer email marketing hoje.

 

Somente aplicando modelos prontos de automação você já obtém resultados em vendas bem satisfatórios, o que dirá quando resolve conversar pra valer com seus contatos…

 

Aliás, quem estudou a fundo a publicidade online sabe porque a “carta de vendas “ continua sendo, desde os tempos offline o maior embaixador do seu negócio.

 

É ela quem diz ao público quem é a sua empresa e para qual missão veio ao mercado. É também a carta de vendas que conquista cada vez mais seguidores pela grande autoridade que exibe, ajudando ativamente na educação do cliente e participando das suas decisões.

 

Posicionamento e oferta nunca estiveram tão em alta nesses tempos digitais.

 

Mas, como disse antes, muitos ainda não estão sabendo explorar esse terreno.

 

Talvez porque o marketing digital seja mesmo um aparato de vendas tão complicado que todos aqueles empresários que não conhecem o mundo dos negócios online se afastam por não conseguir implantar o modelo digital em suas empresas.

 

Há sim uma grande lacuna de “mão de obra” especializada em converter empresas offline em negócios online. E isso piora ainda mais o cenário.

 

Enquanto isso… de um lado a agitação do empresário para resolver problemas de vendas e produtividade e de outro a facilidade da implantação de um sistema que não só aumenta a velocidade e o fluxo de vendas como também representa um verdadeiro “joystick” do seu negócio em suas mãos.

 

Mas para simplificar as coisas, vou só dizer aqui neste post que é muito importante que você como dono de negócio adote essa maneira de gerir as vendas daqui pra frente.

 

Você só precisa fazer 3 coisas:

 

1 – Vender para a sua lista

 

Ter contatos de email de possíveis clientes captando-os pela internet hoje não é mais um mistério. Ofereça um valor gratuitamente que possa ser entregue por email e pronto! Um novo contato que possa estar interessado em comprar de você!

 

Isso significa:

  • Que você pode achar o seu público na internet oferecendo uma “isca”
  • Que, se você pode construir uma lista de contatos de prováveis clientes, também não vai mais precisar pagar por anúncios para rodar suas campanhas.

 

A primeira grande vantagem de ter uma lista própria, construída através de “opt-in” (porque as pessoas quiseram entrar) é esta. A velocidade de prospecção neste caso é muito superior a qualquer outra utilizada nos dias de hoje.

 

Presença online é fundamental e com uma estratégia bem afiada de captação de novos leads (contatos). Para um projeto de marketing digital, “botar o pé” na internet serve única e exclusivamente para construir lista. Mais nada!

 

Tenha uma lista qualificada e você só irá precisar conversar com ela! Vender online se resume a isso.

 

No fim, para que as contas fechem e provoquem um suspiro aliviado no fim do mês você só precisa isso: Leads qualificados e boas campanhas de venda.

2 – Adquirir leads com lucro

 

Se você está me acompanhando e pensando… “tá, mas como eu vou poder economizar em compra de anúncios se eu provavelmente irei precisar anunciar a minha “isca” digital para o povo baixar??”

 

Sim, entendo sua colocação, porque sem anúncios hoje, só se você estiver fazendo algo incrível que nunca nenhuma outra pessoa tenha feito. Caso contrário é brigar muito pela atenção do pessoal.

 

Normalmente em um funil de aquisição, nós investimos em anúncios no Facebook para oferecer um material gratuito, que possa reunir uma audiência provavelmente interessada em fazer negócio ainda que não agora…

 

O que ocorre é o seguinte: você investiu 1000 Reais em anúncios, captou 100 leads e destes (vamos botar aí o período de 30 dias) 10 compraram.

 

Até aqui não dá pra dizer se isso foi positivo ou negativo. Depende da sua margem, certo?

 

Se, em um caso a sua margem é de 100 Reais, o investimento em novos leads foi legal, pelo menos se paga e você adquiriu 10 novos clientes.

 

Se a sua margem é superior a 100 Reais, você começa a ter lucro só com a campanha de aquisição.

 

Se por outro lado, a margem é menos que 100, então, você continua pagando para fazer novas vendas. Não que isso seja “o preju”, mas existem maneiras mais modernas e eficientes de lidar com isso:

 

Tripwire: o produto que ajeita as coisas para você!

 

Agora imagine que além do seu produto ou serviço principal, você tem um produto que seja uma “solução intermediária” ou um “acessório importante”. Em outras palavras: um produto que é realmente muito interessante combinado com o seu principal.

 

O perfil desse produto deve ser esse mesmo. Ser altamente fácil de vender ao ponto de ser “irresistível”. E para não dar quase nenhuma chance de obter um não, abrimos mão da margem e oferecemos por um preço “ridiculamente agradável”…

 

Bom, a matemática dessa brincadeira é a base do projeto desse tipo de funil, o funil de aquisição:

 

  Comprar anúncios para entregar algo gratuito

  Oferecer na mesma ocasião um produto com uma margem o suficiente para pagar o investimento feito nos anúncios

 

Em resumo, essa é a maneira mais eficiente de adquirir novos leads e clientes, sendo que, não sei se você percebeu, mas esse funil roda automaticamente, necessitando apenas de otimização para render cada vez mais.

 

Legal, se você acompanhou o processo todo, deve estar pensando: “Puxa, eu quero isso funcionando em meu negócio, mesmo porque esse sim é o modelo de vender sem precisar pagar para anunciar, já que eu tenho uma máquina de aquisição que é auto sustentável…”

 

Uma vez que você teve a sorte de implantar um funil de aquisição, vai descobrir também que não é nenhum bicho de sete cabeças criar um novo produto para o seu público.

 

Isso quer dizer que a partir do momento que tem novos leads, ou seja, novos interessados em fazer negócio com você entrando todo mês, cada um desses leads representa um lucro vitalício em potencial.

 

Ou seja, dali pra frente você está livre para crescer! = )

 

3 – Criar uma jornada de produtos para aumentar o lucro por cliente

 

Conhecer cada vez mais o cliente e saber oferecer cada vez mais a ele é a única saída para o crescimento sustentável de uma empresa. O cliente é o ativo da empresa. Então vamos investir com qualidade nesse ativo.

 

Deixando um pouco a matemática dos negócios de lado, temos que botar os pés no chão e olhar para o mundo que está cada vez mais rápido, automático e online.

 

A internet moldou o comportamento das pessoas e TODA empresa deve estar ciente disso se quiser continuar de pé e seguir em frente.

 

A busca pela solução de problemas nunca esteve tão em alta. O desejo de ser melhor nunca esteve tão semeado dentro do coração das pessoas.

 

Meu conselho é que você não rode nenhum negócio, ou pior ainda… nem pense em botar uma empresa hoje sem antes entender como funciona um posicionamento orientado para o “HOW TO”.

 

As pessoas querem saber tudo agora, nesse momento! Porque sabem que tem alguém que entrega isso a elas! O Google está na palma das nossas mãos… sabe o que isso significa?…

 

Fazer marketing na internet significa ajudar as pessoas através de informação amiga e útil.

 

É aí o pilar principal da empresa hoje em dia. Tudo aquilo que você deseja como empresário, de ter um negócio que gere lucro e ao mesmo tempo preste serviço à comunidade, passa por isso.

 

E na oferta gratuita de informação que resolva o problema do seu cliente inicia-se um relacionamento saudável e promissor, com ganhos para os dois lados.

 

Para finalizar: Aplique estas 3 metas em seu negócio e verá que investir em internet não tem segredo.

 

E mais: Estimo que em 20 anos, quase toda empresa já terá um produto digital pra oferecer ao seu cliente.

 

Mas, se você não quer esperar até lá, tudo bem, pode ter isso na sua empresa hoje mesmo.

 

Tem um video que eu gravei que explica tudo isso em detalhes, clique aqui para solicitar o video e aproveite para falar um pouco sobre a sua empresa.

 

Se você gostou desse artigo, recomende para um amigo empresário.

: )

Um abraço e continue firme!

About The Author

Duda Kassler

Consultor em Marketing Digital, dedica-se a ajudar as empresas a crescerem através da internet.

Comentários