investir em marketing digital

Como investir em marketing digital

 

Você gostaria de usar a internet de maneira eficaz para aumentar suas vendas e crescer o seu negócio de maneira sustentável? Deseja saber como investir em marketing digital e poder ter uma estratégia de vendas de sucesso?

 

Se você já fez uma série de investimentos em mídias, postagens, listas de emails, e nada resultou em vendas e faturamento efetivo, não se preocupe, porque a maioria dos empresários vive a mesma situação. Mas isso não pode ser motivo para você desistir de fazer a coisa certa.

 

Investir na internet é essencial, você sabe. E o grande propósito não é apenas vender mais, mas crescer o seu negócio de maneira sustentável, de forma que você possa vender todos os dias.

 

Quer saber como isso é possível?

 

Então leia este post até o fim e terá meios para executar um plano eficiente em qualquer tipo de negócio.

 

Um bom marketing pela internet também depende de um bom relacionamento

aprovação do público

 

Antes de tudo, temos que deixar claro que o objetivo de todo marketing é só um: vender mais, seja um determinado produto ou um serviço.

 

Nós que vendemos, sabemos que toda venda, na verdade é uma conversa, que pode ser mais ou menos longa dependendo do valor e risco da transação a ser realizada.

 

E para que uma boa conversa se desenvolva, é preciso um bom relacionamento entre o vendedor e o cliente. E a internet é o meio mais propício para desenvolver esse relacionamento.

 

Tudo o que você considerar como investimento em marketing pela internet tem que estar 100% dentro dessa premissa, ok?

 

Então vamos lá!

 

Entendendo os 4 tipos de investimento em marketing digital:

como investir em marketing digital

 

Existem 4 principais maneiras de você aplicar seus esforços, tempo e dinheiro para vender mais pela internet:

 

1 – Em anúncios – compra de tráfego

2 – Em produção de conteúdo – presença online

3 – Em ferramentas

4 – Em consultoria estratégica

 

Seja você um produtor digital, um empresário da indústria ou comércio, um profissional liberal, prestador de serviço, se você está disposto a aplicar dinheiro em marketing online, terá que aprender a investir nestas 4 áreas:

 

1 ª área – Compra de tráfego – Anúncios de publicidade

comprar trafego na internet

 

Para encontrar o seu público, ou melhor, para que ele encontre você na internet é essencial você dedicar uma parte do seu orçamento para fazer anúncios.

 

Os anúncios, também conhecidos como tráfego pago, têm um único propósito: despertar a atenção do público que está navegando na internet para um conteúdo seu falando de algo que seja relevante para ele.

 

Ao clicar no seu anúncio, a pessoa demonstrou interesse pelo que você se propôs a entregar em uma próxima página, que geralmente é uma peça de conteúdo seguido de uma oferta.

 

  • Obs: No marketing digital, é recomendado que você ofereça, a princípio, algo gratuito que seja de real importância para o público escolhido, com o intuito de fazer com que este conheça melhor sua empresa ou negócio, através de um artigo, video ou mesmo um material para baixar.

 

Levar pessoas diretamente para uma oferta de vendas, além de não proporcionar uma boa experiência para o usuário, eleva muito o seu custo por venda, sendo que você precisará investir muito para ter uma taxa pequena de conversão.

 

As 3 maiores plataformas que oferecem negócios de compra de mídia são o Facebook, o Google e o Youtube.

 

2ª área – Construção de presença online – produção de conteúdo

construir presença online

 

A internet é feita essencialmente de conteúdo gratuito. Por isso é que as pessoas navegam tanto nela em busca de respostas e soluções para tudo o que desejam.

 

Quanto mais conteúdo relevante ao seu público você coloca na internet, mais reconhecimento a sua marca terá e mais chances de ser encontrada a sua empresa terá também.

 

É por este motivo que ter um blog com postagens recorrentes e um canal no Youtube sempre atualizado com novos videos é estratégia obrigatória para quem quer ter uma base sólida para fazer negócios através da internet.

 

  • Obs: Mas lembre-se: Produzir conteúdo só para aumentar o volume da sua presença online não é a melhor forma de investir. É preciso saber que toda peça de conteúdo, mesmo não terminando com uma oferta, deve ter sempre o objetivo de preparar a mente do seu público para comprar.

 

Investir em produção de conteúdo custa mais tempo do que dinheiro. Mas uma vez feita a escolha certa sobre a linha editorial que vai ser explorada, é só direcioná-la para o público que você deseja.

 

3ª área – Ferramentas

ferramentas online

 

No marketing digital existe uma infinidade de ferramentas de otimização de conteúdo e de campanhas, a maioria gratuita, mas você como empresário deve estar atento a duas, que são pagas:

Ferramenta de Email marketing

 

Investir em uma boa ferramenta de email marketing (e fazer bom uso dela) vai fazer com que você economize cada vez mais na compra de publicidade (anúncios) e tenha um planejamento anual de vendas.

 

Toda ferramenta de email marketing é paga e seu preço varia de acordo com as funcionalidades, número de contatos na lista e número de envios.

 

Pra definir em linhas gerais o que uma boa ferramenta de email marketing faz:

 

  • Entrega com eficiência suas mensagens, evitando que caiam na caixa de spam
  • Permite que você faça a integração com o seu site ou páginas de promoções de modo que você possa capturar contatos de novas pessoas constantemente
  • Permite que você programe os seus envios de acordo com sua estratégia de comunicação e relacionamento com seu público
  • Permite que você gerencie os seu contatos, um a um, classificando-os por nível de interesse e comportamento dentro de uma campanha

 

Ferramenta de construção de páginas de vendas e páginas de cadastro

 

Muita gente pensa que para ter sucesso na internet precisa ter um “site vendedor”, com design atraente, frases de impacto e imagens bonitas, mas na realidade, o que faz vender é a campanha.

 

E uma campanha de vendas pela internet utiliza, além de outros recursos, páginas de cadastro e páginas de vendas – as famosas Landing Pages.

 

As Landing Pages são mais preparadas com recursos para campanhas de vendas e também são rápidas para criar, pois já vêm com modelos prontos para você configurar mudando unicamente o texto e a imagem.

 

Geralmente estas ferramentas são conectadas ao seu site e ao seu serviço de email marketing.

 

Há diversas ferramentas para criar páginas disponíveis no mercado, cada uma com suas particularidades, mas todas cumprem bem o seu papel.

 

4ª área – Consultoria

consultor de marketing digital

 

A consultoria é a opção mais séria na hora de investir em marketing digital, pois acertando na escolha de um bom consultor, todos os outros investimentos acima estarão garantidos.

 

Um bom consultor, aquele que sabe executar campanhas que geram resultados positivos, além de orientar na compra de tráfego, produção de conteúdo e uso de ferramentas, também tem uma visão melhor da internet e das táticas de vendas online.

 

Ele o ajudará a posicionar a sua oferta no mercado e dirá quais tipos de campanhas são as mais apropriadas para se obter bons resultados. Além disso, ele já dispõe de modelos prontos de campanhas o que deixa o trabalho mais seguro e eficiente.

 

Entendendo público frio, morno e quente

tipos de público

 

Ao investir em marketing, é importante saber que as ações devem ser organizadas e os processos de implementação respeitados.

 

Mas para que você fique mais seguro na hora de pensar em uma estratégia de vendas online, é bom levar em consideração os 3 tipos de público:

 

Público frio

 

O público frio é aquele que ainda não conhece você e a sua empesa. Sob o olhar estratégico, ele já é um pouco definido pelo tipo de problema que vive e que o seu produto/serviço pode resolver.

 

Ele está mais propenso em clicar em um anúncio seu porque se interessou pela sua mensagem.

 

Um bom investimento para atrair a atenção do público frio é produzir artigos e vídeos falando sobre assuntos diretamente relacionados à sua oferta e promovê-los através dos anúncios.

 

Conhecendo você através de um conteúdo interessante, ele automaticamente associa você a algo confiável e de valor.

 

Público morno

 

O público morno já é aquele que conheceu a sua mensagem através de um artigo que leu ou um video que assistiu e que voltou a consumir mais conteúdos seus (e você tem como saber isso) porque se identificou com a sua mensagem.

 

É nesta fase que você tem a grande oportunidade de transformar cada uma dessas pessoas em um lead, ou seja um contato da sua lista de emails.

 

Oferecendo uma solução mais específica para um problema que você já identificou nesse público, é possível conseguir um cadastro em sua lista de email marketing.

 

Uma vez estando em sua lista de emails, você pode ter um relacionamento mais próximo e mais orientado para ofertas.

 

É nessa fase, também que acontecem as campanhas de engajamento, onde você, em um outro tom de conversa, pode abordar seu público de maneira mais objetiva para que ele responda melhor aos seus estímulos.

 

Público quente

 

Através do email marketing, você consegue (com métricas da própria ferramenta) identificar quais leads estão mais propensos e quais estão menos propensos a comprar.

 

Assim, pode planejar melhor suas campanhas, adotando estratégias diferentes para cada um dos estágios de intenção de compra.

 

Um segmento de  público é considerado quente quando interagiu com a sua campanha e demonstrou clara receptividade para uma oferta direta. É nessa fase que acontece a maioria das vendas.

 

Oferta direta e indireta

 

Toda oferta é a peça mais importante de uma campanha, aliás, a campanha serve para levar a oferta da melhor maneira, para o público mais preparado.

 

Se você quer investir com segurança em vendas pela internet, além de saber de tudo o que já falei neste artigo, é preciso estar muito atento ao tipo de oferta, uma vez que já tem em mente a questão dos públicos, frio morno e quente:

 

Oferta indireta

 

Quando um público ainda não está em vias de adquirir o seu produto ou serviço, é muito importante que você apresente uma oferta com uma peça de conteúdo que possa reforçar a sua autoridade, fazendo com que o cliente fique mais seguro com relação a comprar de você.

 

Neste conteúdo, repito, você irá falar em um tom de autoridade, de quem conhece bem o problema do cliente e ainda diz as causas desse problema, ajudando a pessoa a ter mais clareza em relação a isso.

 

Só depois apresenta a sua solução, realçando os detalhes e benefícios do negócio, para então chamar para a compra.

 

Oferta direta

 

Já na oferta direta, você se concentra em listar todos os prós, enfatizando garantias, aprovação social e dando bônus para quem tomar a ação naquele exato momento.

 

É um tipo de comunicação mais incisiva, que tem maior força de ação, mas deve ser levada para um público reconhecidamente preparado – o público quente.

 

Quer mais motivos para investir em marketing digital?

motivos para investir em marketing digital

 

Apesar de ser redundante falar dos benefícios do marketing feito pela internet, vale a pena listar aqui alguns dos principais motivos para você investir:

 

1 – Todo mundo está na internet

 

Não é mais possível conceber nossa realidade sem a internet. de 4 a 80 anos, todas as pessoas já se conectaram de alguma forma ao meio online. E uma vez conectada, a pessoa pode receber uma mensagem sua, seja por meio de um anúncio pago ou por um conteúdo que encontrou.

 

Mesmo que você tenha um negócio bem específico como um B2B, onde presta serviço para outro negócio, a presença online é necessária, pois é a partir dela que você irá trilhar o caminho para um relacionamento mais próximos com aqueles que irão fazer negócio com você.

 

2 – Direcionamento preciso

 

Com o marketing online você tem o poder de chegar exatamente naquelas pessoas que você quer. O esforço maior, que tenho visto em muitas empresas, é identificar o tipo de cliente que querem abordar. Mas uma vez definido isso, é só aplicar os métodos e ferramentas para atingir em cheio esse público.

 

Além de saber como chegar no seu público-alvo, você ainda pode refinar ainda mais com o seu conteúdo, observando o comportamento e obtendo o feedback das pessoas que interagem com você.

 

3 – Rastreamento detalhado e métricas precisas

 

Hoje em dia sobram recursos para você rastrear a sua audiência e saber exatamente como ela engajou com o seu conteúdo.

 

Dessa forma a otimização da sua mensagem fica muito fácil, pois você sabe melhor o que o seu cliente precisa e em que fase do ciclo de compra ele se encontra.

 

4 – Comunicação personalizada

 

Com a facilidade de obter o perfil do seu cliente e de se relacionar diretamente com ele, você pode apostar em uma comunicação mais pessoal, sem precisar apelar para jargões que, usados por décadas na mídia offline, já não surtem mais efeito.

 

E com a opção de rodar diversos tipos de campanhas, é possível ter várias formas de abordagem, o que facilita ainda mais o processo de entrega da oferta.

 

5 – Automação do marketing e das vendas

 

Como todas as ações são feitas em mídia digital, o marketing pela internet tem a grande vantagem de poder ser programado no tempo e de acordo com a resposta de cada um dos usuários.

 

Dessa maneira todo projeto de vendas online pode ser planejado, implementado e otimizado de forma a estar alinhado com a jornada ou ciclo de compra do cliente.

 

É por isso que volta e meia ouvimos falar em funis automáticos de vendas, ou funis perpétuos. Apesar de um pouco de exagero nesta definição, é verdade que, em um certo nível de implementação, um projeto de marketing digital assume uma característica de sistema de vendas online.

 

Retorno sobre o investimento no marketing digital

retorno sobre investimento

 

Uma das particularidades do marketing digital é o alto ROI – retorno sobre investimento que um sistema ou campanha de vendas pode proporcionar.

 

Mas para atingir esse resultado de excelência, todas as peças desse imenso quebra-cabeças devem estar alinhadas e bem estruturadas por uma inteligência voltada para as vendas.

 

Ferramentas de mensuração é o que mais existe no marketing digital, mas o que decide, no final de tudo é a estratégia de abordagem e desenvolvimento da campanha que resulta na oferta.

 

O comportamento do consumidor mudou e agora segue padrões estabelecidos pelo meio online. Isso significa que a maneira de fazer negócios também acompanha essa tendência.

 

Em resumo…

 

Investir em marketing digital é de longe a melhor opção para quem tem negócio e quer consolidar sua marca e crescer em faturamento e lucratividade.

 

É muito comum ver empresas gastarem mais do que o necessário para executar ações de marketing na internet, muitas vezes sem obter nenhum resultado…

 

Mas é importante saber que existe um método certo, uma atitude estratégica e uma visão de mercado que permitem que você obtenha aquele retorno desejado.

 

Entender os pilares desse sistema é dever de todo empresário ou dono de negócio que queira prosperar pelas próximas décadas.

 

Mas poder contar com uma inteligência especializada em vendas online é de suma importância, tanto para implementar campanhas, como para construir uma presença online lucrativa ou mesmo para o treinamento de equipe.

 

Se você se interessou pelo assunto e viu que pode investir em marketing digital da maneira certa, fique à vontade para entrar em contato, solicitar uma análise da sua presença online ou marcar uma primeira reunião de negócio.

 

Clique aqui para saber mais sobre a consultoria e solicitar sua análise de presença online

 

Grande abraço e bons negócios!!

About The Author

Duda Kassler

Consultor em Marketing Digital, dedica-se a ajudar as empresas a crescerem através da internet.

Comentários