3 estratégias de marketing digital que não podem faltar na sua empresa

Para quem quer ter um plano de marketing digital na sua empresa, existem 3 fases do projeto que são imprescindíveis quando se quer atingir níveis superiores de resultados nos negócios.

 

Estas fases são implantadas em uma ordem definida e quando prontas funcionam como partes de uma máquina de vendas.

 

São estas as 3 fases: construção de presença online, sistema de vendas online e por fim, campanhas de vendas online. Neste post vamos analisar cada uma delas.

 

1. Construção de presença online

 

Hoje em dia não basta a sua empresa ter um bom site e uma fanpage no Facebook com muitas curtidas. Você precisa estar ativo, marcando presença diariamente, nas mais variadas plataformas online. 

 

De que forma? Entregando gratuitamente conteúdo de valor, dentro da sua área de expertise.

 

Essa estratégia é conhecida como marketing de atração e tem uma razão muito forte para ser aplicada: A internet é feita essencialmente de conteúdo gratuito.

 

As pessoas vão à internet, na maioria das vezes, para encontrar soluções para seus problemas e isso está influenciando cada vez mais na decisão de compra ou contratação de um serviço.

 

Se a sua empresa possui uma estrutura editorial na web que entregue soluções dentro da sua área de atuação, através de artigos periódicos (blog), vídeos, cursos online e materiais para download, já pode se considerar com uma presença online bem avançada.

 

Caso contrário, deve começar a pensar em um plano de crescimento através da geração de conteúdo.

 

Os principais benefícios da construção da sua presença online:

 

São inúmeras as vantagens de ter uma presença ativa na internet, dentre elas:

 

  • aumento da sua autoridade e credibilidade, pois estará afirmando sua expertise na área
  • site bem posicionado nos mecanismos de busca, pois o Google avalia muito a relevância do seu conteúdo
  • menos gastos com Google AdWords e outros anúncios pagos
  • aumento da sua rede de contatos e de futuros clientes – quanto mais conteúdo, mais pessoas conhecem você
  • maior possibilidade de vendas e fidelização de clientes
  • destaque entre a concorrência, uma vez que ainda são poucas as empresas que investem em conteúdo

 

A sua principal estrutura geradora de conteúdo, que reúne todas essas vantagens listadas acima é um blog comercial.

 

O blog é um formato de site dinâmico que permite que você preste serviço por meio de publicações que ajudem o seu público na solução de problemas específicos.

 

Cada página (post) que você produz é uma nova área da sua presença na internet.

 

Toda empresa deveria publicar, pelo menos 1 post por semana, com um conteúdo bem interessante e útil, revisado e otimizado segundo suas palavras-chave, para aparecer como resultado de possíveis buscas.

 

Assim estará aumentando sua presença na internet, construido autoridade para sua marca e conquistando novos clientes.

 

O mesmo conteúdo dos artigos, pode ser veiculado em forma de vídeo, documentos, mini-cursos, palestra online e outros formatos de arquivos digitais existentes.

 

Tudo depende de qual é o perfil do seu público e do seu negócio.

 

A construção de presença online é uma estratégia que deve ser implantada permanentemente.

 

É uma jornada diária de otimização e desenvolvimento do seu negócio  bem como de aquisição de novos clientes e aperfeiçoamento na forma como se relaciona com eles.

 

2. Sistema de vendas online

 

sistema de vendas online

 

Uma vez que você entendeu a importância de gerar conteúdo, a próxima fase está ligada a uma outra característica básica da internet, que é a automação.

 

Com o passar dos anos, e com um maior fluxo de pessoas atrás de novidades e utilidades, os desenvolvedores foram criando novas formas de satisfazer os usuários dentro do ambiente online.

 

E para as empresas venderem seus produtos e serviços não faltam soluções em prospecção de clientes, publicidade, atendimento, vendas, pagamentos e etc.

 

Um sistema de vendas online, também chamado de funil de vendas, é a peça central do seu plano de marketing digital. Dispõe de vários recursos de automação em determinadas ferramentas online que são:

 

  • página de captura de leads
  • página com conteúdo (blog, vídeo, documento, curso, etc)
  • automação de email marketing
  • página de vendas
  • página de pagamento

 

Com essa “máquina” você pode gerenciar processos de vendas que vão desde a atração de pessoas para seu negócio até o momento da venda em si.

 

Todo esse caminho é construído estrategicamente para levar o cliente que busca por um conteúdo específico até a sua oferta.

 

Muitas empresas apostam simplesmente em anúncios pagos para levar as pessoas até sua oferta final, mas todos sabemos que essa tática tem índices muito baixos de conversão, não precisa nem explicar o porquê…

 

Um sistema de vendas online vai muito além disso. Ele utiliza todos os recursos online para:

 

  • aparecer para o público-alvo
  • entregar gratuitamente algo que ele quer
  • falar com ele sobre assuntos de alta relevância (questões emocionais mesmo, ainda que tratadas sutilmente)
  • instruí-lo sobre a melhor forma de resolver tal problema
  • apresentar uma oferta de maneira arrebatadora, tudo através de processos que envolvem um relacionamento amigável e generoso com o possível cliente

 

Dessa forma, os índices de conversão na hora das vendas são muito acima do normal, pois você conquistou o cliente, dando a ele o tempo necessário para pesquisar, comparar e ainda por cima deu-lhe informações úteis que previamente geraram alguma transformação em sua vida.

 

As peças-chave de um sistema de vendas online

 

puzzle

 

Para implantar um sistema de vendas online, é importante ter domínio de algumas ferramentas e estratégias específicas, como:

 

  • produção de conteúdo – seguindo uma linha editorial que se identifique com o público
  • otimização (SEO) de páginas – seu conteúdo não deve ser bom somente para o público, mas principalmente para o Google, que, reconhecendo-o como tal, irá posicioná-lo entre os primeiros resultados
  • construção de scripts de vendas que serão usados em páginas ou até mesmo vídeos de vendas
  • texto persuasivo e gatilhos emocionais, que prendem a atenção do leitor e o conduzem pelo funil de modo a dar exatamente o que está buscando
  • captação de novos contatos (leads) por meio de “isca digital”
  • automação estratégica de disparos de email que conduzem o cliente por várias páginas da sua empresa, mostrando benefícios, eliminando suas possíveis objeções e entregando ainda mais valor a ele
  • linkagem interna e navegabilidade, para dar a melhor experiência possível a quem navega dentro da sua plataforma
  • relacionamento com a audiência – sabendo que na internet a conversa entre consumidor e empresa é de igual pra igual, diferente do tempo que as empresas estavam lá no alto e o consumidor raramente era ouvido
  • por último: análise detalhada das taxas de conversão de clique em clique, para a perfeita otimização do processo

 

A estrutura e complexidade do seu sistema de vendas online depende do modelo do seu negócio e também da diversidade das suas ofertas.

 

Mas uma coisa todos tem em comum: alta taxa de conversão e um retorno sobre investimento dos mais atraentes.

 

Para saber como contratar um sistema de vendas online para sua empresa, entre em contato.

 

3. Campanhas de vendas online

 

Quando o seu negócio já tem boa presença online e já dispõe de um sistema de vendas online básico, você tem nas mãos um grande privilégio: o de criar campanhas com a frequência que quiser.

 

Se você dispõe de uma boa base de contatos, as ferramentas de automação necessárias, as páginas de conteúdo e as páginas de ofertas, é só planejar uma agenda de campanhas, configurá-las e colocá-las para funcionar o ano inteiro, gerando assim, vendas recorrentes, sem se preocupar com queda no movimento.

 

Este já é um estágio avançado, mas totalmente possível, se você soube investir na construção da sua presença online e no seu funil de vendas.

 

Quanto mais você conhece seu público através do relacionamento nas plataformas sociais (e não pense que estou falando só de Facebook e Twitter, mas principalmente de comentários nos seus posts e emails recebidos), mais ideias de campanhas terá e será divertido criar novas histórias para engajar sua audiência.

 

Comece já!

 

apenas faça

 

Experimente já! Se você tem uma lista de emails de clientes, crie um post no Facebook dizendo ou mostrando algo relevante ao seu público. Mande um email a todos (broadcast) com o link para esse post e peça, no email para comentarem sobre o assunto.

 

Use a criatividade. Provoque o seu público com algo interessante (não esqueça que você deve acrescentar algo de útil em suas vidas) e terá um engajamento ainda que pequeno.

 

Se você souber alinhar o propósito dessa campanha com uma oferta sua, você descobriu o verdadeiro potencial do marketing digital!

 

Faça uma análise gratuita da presença online da sua empresa ou tire suas dúvidas! Clique aqui e entre em contato!

 

Sobre o autor

Duda Kassler

Consultor em Marketing Digital, dedica-se a ajudar as empresas a venderem mais através da internet.

Comentários