O que é SEO e por que sua empresa deve investir nisso?

 

 

Os últimos 10 anos mostraram o quanto a internet mudou o cenário do mercado e do marketing. O momento pede atenção dos empresários para certas mudanças.

 

O Google preparou o “terreno” para que simplesmente tudo pudesse ser encontrado através do seu portal. Surge, assim uma nova cultura de consumo: a busca pela informação!

 

Queremos saber cada vez mais sobre tudo – porque sabemos que vamos encontrar nos resultados do Google (e falo só do Google pois ele detém a maioria esmagadora das buscas feitas na internet).

 

Isso nos deu uma liberdade e também uma dependência.

 

Ok, para a economia representa uma inovação, um modelo mais prático de integração entre empresa e público-alvo. Esteja na primeira página dos resultados para que o seu público encontre a sua marca.

 

Analisando essa tendência, chega-se a uma conclusão: daqui pra frente, a corrida pela liderança passa a ser pelas primeiras posições, na primeira página de resultados de uma determinada busca feita através de uma ou mais palavras-chave.

 

Search Engine Optimization

 

Falando de estratégia de marketing digital, a otimização para mecanismo de busca, é tarefa obrigatória para a empresa/negócio que queira sobreviver na nova economia cada vez mais rápida, automática e… online!

 

Mas, o que fazer para ter sua empresa “aparecendo” nos resultados do Google?

 

Para entender melhor a situação, a primeira coisa é reconhecer e aceitar a soberania do Gigante no comando dos processos comerciais de hoje, no mundo todo.

 

O Google não só criou um novo mundo de oportunidades para empresas e negócios como também estabeleceu as regras e executa, diariamente, o julgamento do que é bom e o que não é, em matéria de conteúdo.

 

Então, o que é considerado “bom” para o Google?

 

Segundo as diretrizes dessa que é a maior empresa e a que mais cresce no mundo, todas as páginas publicadas na internet são avaliadas e passam por um processo de rankeamento pra serem listadas por ordem de relevância, para atender o melhor possível às necessidades do usuário (que para o Google lê-se: cliente).

 

Se você faz uma busca qualquer como por exemplo “como perder barriga” o gigante irá decidir, através de relatórios de avançadíssimos algoritmos chamados “robôs”, quais páginas contém conteúdo de valor para satisfazer sua pesquisa.

 

Uma série de fatores são avaliados, entre eles:

 

  • texto relacionado à palavra-chave
  • organização em títulos, parágrafos e marcadores
  • velocidade de carregamento da página
  • conteúdo multimídia (fotos e vídeos)
  • aprovação social, através de comentários ou interações nos botões de redes sociais
  • tempo de permanência na página
  • número de links apontando para o seu site

 

Ou seja, são fatores que comprovam (ainda que por meio de inteligência artificial) que o conteúdo entregue é de alta relevância pra o buscador.

 

Surge o “marketing de busca”

 

Uma vez percebido que o comportamento do consumidor evoluiu para a pesquisa através da busca, a maneira de fazer marketing muda e passa a adotar uma estratégia que esteja alinhada com esse processo de pesquisa.

 

Se quisermos estar no topo dos resultados, sabendo que o Google avalia o conteúdo das páginas de acordo com a sua relevância ao usuário, não nos resta outra alternativa a não ser entregar o melhor conteúdo possível para quem está buscando.

 

Se você levar essa realidade ao nicho do seu negócio, saberá como planejar o seu marketing, através da geração de páginas com conteúdo relevante para aquele que está procurando por produtos ou serviços como o da sua empresa.

 

Para dar um exemplo, se você tem uma loja de carros, a melhor estratégia para ser encontrado pelo seu público-alvo é ter um grande número de páginas com conteúdo relacionado às várias possibilidades de busca feitas no seu nicho (palavras do campo semântico do assunto “automóveis” podem ser exploradas para serem usadas na criação de conteúdo).

 

Como investir em SEO

 

Você já viu que as pessoas (e você também está nessa estatística) procuram por tudo na internet, ora querendo adquirir produtos, serviços ou apenas conhecimento. E a feira de ofertas de conteúdo de todos os assuntos não acaba nunca…

 

Para fazer um bom investimento em SEO é necessário planejar a sua linha editorial, com base no perfil do seu público. Saber como ele faz uma pesquisa no Google quando precisa de um produto ou serviço que sua empresa possa oferecer é o primeiro passo para ter bons resultados.

 

Pode e irá demorar alguns dias até que sua pesquisa de palavras-chaves esteja completa e pronta para integrar a sua linha editorial, mas uma vez definida é só segui-la e produzir bons conteúdos com boa frequência.

 

A boa notícia é que hoje, em 2016, ainda são poucas as empresas que investem em conteúdo, mesmo porque é necessário uma mudança no quadro da empresa que envolve contratação de um redator ou mesmo a terceirização dessa “mão de obra”.

 

Isso  quer dizer que a hora de começar a produzir é agora, pensando em sair na frente, trabalhando expansão da presença online da sua empresa.

 

Entendendo os fundamentos do marketing digital

 

Em linhas gerais, o marketing digital é definido por 3 fases principais:

 

  • tráfego: o número de pessoas que encontram você na internet
  • engajamento: o quanto as pessoas aproveitam, comentam e compartilham o seu conteúdo
  • conversão: o quanto as pessoas respondem às suas sugestões de ação dentro de uma campanha.

O SEO é o principal ativo de tráfego para qualquer empresa. É a estratégia digital que mais retorno a longo prazo proporciona, mas também a mais demorada de todas as estratégias. Mas pense: quando se quer edificar uma estrutura forte e duradoura, não se mede tempo nem esforço para alcançar a meta.

 

SEO é sim uma estrutura e define o tamanho da sua empresa na internet. Portanto, saber como investir com segurança e consistência é fundamental para estar forte sempre.

 

A imagem da sua marca, cada vez mais, estará associada à presença da sua empresa no meio online. Mas construir uma boa reputação envolve, antes de tudo, gerar valor para as pessoas que tiverem contato com suas páginas, fornecendo informação clara, útil e motivadora, de forma que provoque alguma experiência positiva no usuário.

 

Para saber mais sobre como implementar estratégias de vendas pela internet na sua empresa, solicite uma visita e faremos uma análise gratuita de sua presença na internet.

 

Sobre o autor

Duda Kassler

Consultor em Marketing Digital, dedica-se a ajudar as empresas a venderem mais através da internet.

Comentários